Natural de Braga, Ana Ferreira iniciou os estudos musicais na Escola Primária de São do Souto, tendo depois ingressado no Conservatório de Música Calouste Gulbenkian de Braga. Mais tarde, viria a estudar na Universidade de Aveiro e na ESMAE, no Porto.

Entre 1999 e 2013 dedicou-se ao ensino artístico e à performance musical como cantora, diretora coral e diretora artística de inúmeros projetos de música clássica, música popular e tradicional, música jazz e música infantil.

Em 2012, com o projeto Dualogum, surge o primeiro contacto com o Fado. Desta experiência ficaram a curiosidade e a vontade de aprofundar conhecimentos na área e, em 2014, Ana Ferreira é selecionada para cantora e pianista residente nas Tardes de Fado da Quevedo Port Wine.

Em 2015 participa no Bragafado e, no ano seguinte, vence o concurso Viana Canta o Fado. Desde então, participa assiduamente em eventos e noites de Fado em Viana do Castelo, Valença, Melgaço, Monção, Braga e por todo o Alto Minho.

Desde 2016, a convite do músico Joaquim Caniço, passa a fazer digressões regulares em Luxemburgo, Bélgica e Alemanha, acompanhada por Miguel Braga na Guitarra Portuguesa.

Em 2017 venceu o IV Concurso de Fado de Lordelo do Ouro e Massarelos e, desde então, é presença regular em vários hóteis, restaurantes e casas de Fado, integrando atualmente o elenco de fadistas residentes no Santo Fado, no Porto, na FATUM, em Valença, e na Adega do Lagar, em Covas.