Nasceu no coração do Minho, em Barcelos, com a melodia, o ritmo e a música sempre latentes no interior da sua “pequena caixa”.

Entre 1996 e 2001 frequentou o Conservatório de Música de Barcelos, onde estudou piano.

Após um interregno, que dedicou a prosseguir estudos noutras áreas do seu interesse, retornou ao universo musical em 2008 – um ano que viria a ser de muitas conquistas. Participou em diversas iniciativas propostas pelo Pelouro da Cultura da sua cidade, como o Festival de Bandas de Barcelos ou o Encontro de Jovens Fadistas Barcelenses, e integrou diversos projetos musicais como intérprete e compositora.

De 2008 a 2010, emprestou a sua voz às composições do Dr. Armando Caldas, participando, em 2009, no evento Grande Noite do Fado de Braga, onde conquistou o segundo lugar. No ano seguinte, conquista o primeiro lugar com a interpretação do tema Sabe-se lá.

Em 2013 participa na Grande Gala de Fado do Porto, arrebatando a plateia do Teatro Sá da Bandeira com a interpretação do tema Amor de mel, amor de fel, de Amália Rodrigues, conquistando o primeiro lugar.

Transportando sempre consigo o xaile negro, e sempre com muita humildade e respeito pela herança que carrega, efetuou, ao longo da sua carreira, centenas de espetáculos por todo o país e além-fronteiras, levando o Fado até Espanha, França e Alemanha. Amália Rodrigues, Maria Teresa de Noronha, Alfredo Marceneiro e Fernando Maurício são algumas das suas principais referências.

Em 2017 apresentou o seu primeiro trabalho discográfico, “Identidade”, que convida a uma viagem pelas suas principais referências do Fado.