Com raízes no mundo do Fado, Carlos Santos decidiu dar continuidade à herança fadista, dedicando a sua carreira ao estudo da viola de acompanhamento de Fado.

 

Já pisou os mais variados palcos e casas de Fado, tendo já acompanhado grandes vozes do Fado.

 

Parte do seu estudo é dedicado a peças instrumentais de compositores como Carlos Paredes, José Fontes Rocha e Armandinho.