O percurso de Manuel Soares no Fado iniciou-se quando ingressou na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e começou a colaborar com o seu grupo de fados em espetáculos e digressões por Portugal e pelo estrangeiro.

 

Anos mais tarde, após licenciar-se em Línguas e Literaturas Modernas, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, e em Música, pela Escola Superior de Música e das Artes do Espetáculo, começa a explorar de forma mais aprofundada a Guitarra Portuguesa, quer na técnica de Coimbra, quer na técnica de Lisboa, percorrendo o vasto repertório do fado tradicional.

 

Atualmente, atua em vários espaços da cidade do Porto e participa em vários espetáculos pelo país e no estrangeiro, não só como acompanhador de Fado de Lisboa e de Coimbra, mas também como solista. Paralelamente, dedica-se à interpretação de recitais de guitarra, atividade que conjuga com a elaboração de arranjos e composições musicais e com o ensino de música.