Rui Pedro Claro nasceu no Porto, em 1981. Em 2001, iniciou os estudos de guitarra portuguesa no Conservatório de Música do Porto, dedicando-se, inicialmente, ao repertório instrumental deste instrumento e ao cruzamento de influências como o chorinho brasileiro e a música erudita.

Em 2011, começou a acompanhar Fado de Lisboa e, a convite da fadista Sandra Correia, tornou-se guitarrista residente na casa Real Feytoria – o que permitiu profissionalizar-se na área. Desde então tem colaborado com diversas fadistas e casas de Fado.

Entre as várias participações discográficas destacam-se os discos “Um Porto de Fado”, de Fernanda Moreira, e “Nem tudo isto é Fado” – uma fusão de flamenco e Fado, de Cristina Bacelar.